Letramento Estatístico no Ensino Superior: um Estudo Bibliográfico

Autores

  • Márcia Ines Schabarum Mikuska Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias. PR, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-3323-8771
  • Maria Elisabette Brisola Brito Prado Universidade Anhanguera de São Paulo, Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Matemática. SP, Brasil. Universidade Anhanguera de São Paulo, Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciências e Saúde. SP, Brasil. Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias. PR, Brasil.
  • José Armando Valente Universidade Estadual e Campinas, Núcleo de Informática Aplicada à Educação. SP, Brasil. Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias. PR, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2176-5634.2022v15n1p55-61

Resumo

Resumo
O objetivo deste artigo é analisar como está sendo desenvolvido o processo de letramento estatístico no ensino superior. Para isso, fizemos uma revisão bibliográfica da literatura, realizada nos bancos de dados de teses e dissertações da CAPES e na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), no período de julho de 2021. Utilizamos os descritores: Letramento Estatístico; Ensino Superior; Graduação; Universitário e EAD, em um recorte temporal de 2010 a 2021. A pesquisa nos retornou 32 trabalhos, sendo que apenas 4 envolviam estudantes do Ensino Superior. Para ser um indivíduo crítico e participativo na sociedade é necessário que, em posse dos dados e informações que estão presentes no dia a dia, o indivíduo saiba interpretá-las e avaliá-las, para tomada de decisões. Este conhecimento aliado à postura investigativa e crítica, denominado letramento, é desenvolvido ao longo da vida. No que tange o letramento estatístico, os resultados indicam que, apesar de os estudantes saírem de seus cursos de graduação com algum conhecimento do conteúdo de estatística, é possível que encontrem dificuldade em aplicá-los na prática social.

Palavras-chave: Tomada de Decisões. Atitude Crítica. Prática Social.

Abstract
The objective of this article is to analyze how the process of statistical literacy in higher education is being developed. For this, we developed a bibliographic literature review carried out in CAPES databases of theses and dissertations and in the Brazilian Digital Library of Theses and Dissertations (BDTD), during the period of July 2021. We used the descriptors: Statistical Literacy; University education; Undergraduate education; University and distance education, in a time frame from 2010 to 2021. The research returned 32 works, of which only 4 involved higher education students. To be a critical and participatory individual in society, it is necessary that, in possession of the data and information that are present in everyday life, the individual knows how to interpret and evaluate them, for decision making. This knowledge combined with an investigative and critical attitude, called literacy, is developed throughout life. Regarding statistical literacy, the results indicate that although students leave their undergraduate courses with some knowledge of statistical content, it is possible that they find it difficult to apply them in social practice.

Keywords: Decision Making. Critical Attitude. Social Practice.

Biografia do Autor

Márcia Ines Schabarum Mikuska, Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias. PR, Brasil.

Doutorado em andamento em Metodologia para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias, pela UNOPAR (início em 2020), Mestre em Métodos Numéricos em Engenharia, linha de formação em Programação Matemática, com pesquisa em otimização de grade horária escolar, pela Universidade Federal do Paraná (UFPR - 2015). Especialista em Educação Matemática pela Universidade de Santa Cecília (2012). Graduação em Licenciatura em Matemática pela UFPR (2011). Graduada em Licenciatura em Pedagogia pela UniJales (2017). Atualmente é técnica administrativa da UFPR, lotada na Secretaria Acadêmica dos Cursos, no Campus Avançado em Jandaia do Sul.

Downloads

Publicado

2022-05-03

Edição

Seção

Artigos