O GeoGebra 3D no Estudo de Projeções Ortogonais Amparado pela Teoria das Situações Didáticas

Autores

  • Renata Teófilo de Sousa Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará, Campus Fortaleza. CE, Brasil.
  • Italândia Ferreira de Azevedo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará, Campus Fortaleza. CE, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-4684-5397
  • Francisco Régis Vieira Alves Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará, Campus Fortaleza. CE, Brasil. http://orcid.org/0000-0003-3710-1561

DOI:

https://doi.org/10.17921/2176-5634.2021v14n1p92-98

Resumo

Resumo
Este trabalho apresenta uma situação didática voltada para o estudo de projeções ortogonais, auxiliado pelo GeoGebra 3D, em sua versão de aplicativo para smartphone. Para este estudo foi utilizada como base conceitual a Teoria das Situações Didáticas (TSD). O objetivo deste trabalho é mostrar como a visualização de projeções ortogonais por meio da construção geométrica 3D auxilia na compreensão e no desenvolvimento da visão espacial do aluno. Para tal, apresentam-se os resultados de uma aplicação para o ensino de Geometria Espacial, desenvolvendo a relação entre a visão 2D e 3D dos alunos, orientada e elaborada com base nas dialéticas da TSD – ação, formulação, validação e institucionalização –, realizada de forma remota, devido ao cenário de pandemia em que o mundo se encontra. Para sua estruturação foi selecionada uma questão do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) sobre o assunto de projeções ortogonais, trabalhada de forma dinâmica e interativa em um encontro virtual na plataforma Google Meet. A aplicação ocorreu com alunos de 3º ano do Ensino Médio de uma escola pública estadual situada em Sobral – CE. Em síntese, aponta-se que a TSD associada ao GeoGebra 3D têm grande potencial para estimular a evolução do pensamento geométrico do aluno, atendendo o que se busca desenvolver nos currículos escolares.

Palavras-chave: Projeções Ortogonais. GeoGebra 3D. Teoria das Situações Didáticas.

Abstract
This work presents a didactic situation aimed at the study of orthogonal projections, aided by GeoGebra 3D, in its version of smartphone application. For this study, the Theory of Didactic Situations (TSD) was used as a conceptual basis. The objective of this work is to show how the visualization of orthogonal projections through the 3D geometric construction helps in understanding and developing the student's spatial vision. To this end, the results of an application for the teaching of Spatial Geometry are presented, developing the relationship between the students' 2D and 3D vision, oriented and elaborated based on the dialectic of the TSD - action, formulation, validation and institutionalization - carried out remotely, due to the pandemic scenario in which the world finds itself. For its structuring, a question from the National High School Examination (ENEM) was selected on the subject of orthogonal projections, worked in a dynamic and interactive way in a virtual meeting on the Google Meet platform. The application occurred with 3rd year high school students from a state public school located in Sobral - CE. In summary, it is pointed out that the TSD associated with GeoGebra 3D has great potential to stimulate the evolution of the student's geometric thinking, attending to what is sought to develop in school curricula.

Keywords: Orthogonal projections. GeoGebra 3D. Theory of Didactic Situations.

Biografia do Autor

Renata Teófilo de Sousa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará, Campus Fortaleza. CE, Brasil.

Especialista em Ensino de Matemática pela Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA e em Qualificação em Ensino de Matemática no Estado do Ceará pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Pós-graduada em Didática e Metodologias Ativas na aprendizagem pelo Centro União das Américas - UniAmérica. Professora da rede estadual de ensino do Ceará – EEEP Professora Lysia Pimentel Gomes Sampaio Sales.

Italândia Ferreira de Azevedo, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará, Campus Fortaleza. CE, Brasil.

Mestre em Ensino de Matemática pelo Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará (IFCE). Professora da rede estadual de ensino do Ceará – EEEP Joaquim Moreira de Sousa.

Francisco Régis Vieira Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará, Campus Fortaleza. CE, Brasil.

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Ceará, Bolsista de produtividade do CNPQ – PQ2. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática do IFCE, Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática da Universidade Federal do Ceará. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação do Mestrado Profissional em Educação profissional tecnológica. Líder do Grupo de Pesquisa CNPQ Ensino de Ciências e Matemática. Página pessoal: https://ifce.academia.edu/RegisFrancisco/Journal-Articles. Endereço para correspondência: Avenida Treze de Maio, 2081, 60040-215, Fortaleza, Ceará, Brasil. E-mail: fregis@ifce.edu.br.

Downloads

Publicado

2021-04-30

Edição

Seção

Artigos