Tendências na Produção Científica Sobre Estatística Nos Anos Iniciais: Contextos Formativos de Estatística na Formação Inicial e Continuada de Professores

Autores

  • Thays Rodrigues Votto Universidade Federal do Rio Grande-FURG
  • Mauren Porciúncula Moreira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.17921/2176-5634.2020v13n4p494-504

Resumo

Resumo
Este estudo objetivou analisar as tendências na produção científica em nível de pós-graduação, acerca da Estatística nos Anos Iniciais, e especificamente aquela que versa sobre formação docente para esse nível. Caracteriza-se como uma revisão de literatura tipo Estado do Conhecimento, para a qual foram consultadas o Catálogo de teses e dissertações da CAPES e a BDTD, onde foram recuperadas 42 pesquisas. Estas, em um primeiro momento foram categorizadas de acordo com o enfoque temático, possibilitando-nos vislumbrar quatro tendências gerais: Processos de ensino e Aprendizagem Estatística de alunos; Formação Docente; Concepções e processos de ensino e aprendizagem de professores; Análises teóricas e/ou documentais e ferramentas para o ensino e aprendizagem Estatística. De acordo com o escopo desse artigo, somente as pesquisas contempladas na tendência Formação Docente foram analisadas, de acordo com os resultados atinentes à maneira como foi realizada a formação e a construção do conhecimento docente. Estas ainda foram subdivididas como formação inicial e continuada. Na formação inicial, o objeto de estudo é principalmente o letramento estatístico, que foi investigado por meio de recursos digitais, mapas mentais e sequências didáticas. Já na formação continuada, os objetos de estudo foram primeiramente os conhecimentos de Estatística, seguido da compreensão de gráficos e tabelas, e por último sendo objeto de estudo apenas de uma pesquisa, a realização de todo o ciclo investigativo de uma pesquisa. Nesse contexto, compreendemos o ciclo investigativo de uma pesquisa, enquanto objeto de estudo, como uma lacuna na produção científica acerca da formação continuada para a Educação Estatística.

Palavras-chave: Educação Estatística. Anos Iniciais. Formação de professores.

Abstract
This study aimed to analyze trends in scientific production at the postgraduate level about Statistics in the Early Years, and specifically that which deals with teachers' education in this level. It is characterized as a literature review of the State of Knowledge type for which the CAPES thesis and dissertations catalog and BDTD were consulted, where 42 researches were retrieved. These at first were categorized according to the thematic focus enabling us to glimpse four general trends: Teaching processes and Statistical Learning of students; Teachers' Education; Teachers' teaching and learning conceptions and processes; Theoretical and/or documentary analysis and tools for teaching and Statistical Learning according to the results related to the way in which the training and construction of teaching knowledge was carried out. According to the scope of this article only research included in the Teacher Education trend was analyzed, according to the results related to the way in which the training and construction of teaching knowledge was carried out. These were further subdivided as initial and continuing education. In the initial education, the object of study is mainly the statistical literacy which was investigated by means of digital resources, mental maps and didactic sequences. In continuing education the objects of study were firstly the knowledges of Statistics followed by the understanding of graphs and tables, and finally being the object of study only of a research, the completion of the entire investigative cycle of a research. In this context we understand that while object of study the investigative cycle of a research as a gap in scientific production about continuing education for Statistical Education.

Keywords: Statistical Education. Early Years. Teachers’ education.

Downloads

Publicado

2021-02-11

Edição

Seção

Artigos