Um Estudo Analítico das Práticas Formativas no Estágio Supervisionado das Licenciaturas em Matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2176-5634.2021v14n2p181-191

Resumo

Resumo
Este artigo tem como objetivo analisar as práticas formativas apresentadas em um conjunto de dissertações e teses que versam sobre o Estágio Curricular Supervisionado na Licenciatura em Matemática. O corpus desse trabalho compreende 19 dissertações e teses publicadas no período compreendido entre os anos de 2001 a 2015. Esses trabalhos foram classificados em três categorias: prática-reflexiva, estratégias metodológicas e compartilhamento de ações. Esse trabalho caracteriza-se como uma metanálise e teve como base uma revisão bibliográfica em bases de dados públicas. Ao retomar esses trabalhos publicados como objetos de estudo, estamos valorizando o que foi pesquisado e sistematizado por esses autores e autoras, como também abrindo possibilidades para novas contribuições e propostas formativas ancoradas no que foi apresentado. Deste modo, os resultados indicam que cada categoria privilegia determinadas características formativas, como também tendem a valorar a relação professor-aluno de maneira diferente, além de esperarem um fazer docente também distinto. Os dados também nos sugerem um movimento formativo que saiu de uma proposição em relação ao professor em formação que parte da postura reflexiva e caminha para uma reflexão centrada na ação da relação teoria-prática. Em última instância, vemos uma valoração dos conceitos de compartilhamento e mediação em que estes são agregados ao processo, passando pela necessidade de um aprofundamento teórico e conceitual do conhecimento matemático.

Palavras-chave: Estágio Supervisionado. Licenciaturas em Matemática. Práticas Formativas.

Abstract
This article aims to analyze the formative practices presented in a set of dissertations and theses that deal with the Internship in Mathematics courses. The corpus of this work comprises 19 dissertations and theses published in the period from 2001 to 2015. These works were classified into three categories: reflective-practice, methodological strategies and sharing of actions. This work is characterized as a meta-analysis and was based on a bibliographic review in public databases. By resuming these published works as objects of study, we are valuing what was researched and systematized by these authors, as well as opening possibilities for new contributions and training proposals anchored in what was presented. Thus, the results indicate that each category favors certain formative characteristics, as well as they tend to value the teacher-student relationship differently, in addition to expecting a different teaching profession. The data also suggest a formative movement that came out of a proposition in relation to the teacher in training that starts from the reflexive posture and moves towards a centered reflection on the action of the theory-practice relationship. Ultimately, we see an appreciation of the concepts of sharing and mediation in which they are added to the process, going through the need for a theoretical and conceptual deepening of mathematical knowledge.

Keywords: Internship. Mathematics Courses. Teacher Education.

Downloads

Publicado

2021-09-27

Edição

Seção

Artigos