Conhecimento Profissional de Professores dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental Sobre Espaço Amostral e Quantificação de Probabilidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2176-5634.2020v13n4p410-419

Resumo

Resumo
Neste texto, discutiu-se parte de uma investigação de Doutorado que teve o objetivo de analisar o desenvolvimento profissional de professores que lecionam Matemática para os Anos Iniciais do Ensino Fundamental em seu trabalho com Probabilidade. Para este artigo, focou-se nos conhecimentos dos participantes referentes à compreensão de espaço amostral e quantificação de probabilidades, manifestados em uma tarefa proposta durante uma formação. Adotando uma metodologia qualitativa, procurou-se descrever e interpretar as resoluções, registradas nos protocolos dos professores, e suas discussões, coletadas em vídeos e áudios gravados. Analisou-se os resultados à luz de teorias e investigações a respeito do ensino e da aprendizagem de Probabilidade e do conhecimento matemático para o ensino da temática. As resoluções, as discussões e as reflexões acerca das noções probabilísticas implicadas na situação analisada desenvolveram e ampliaram os Conhecimentos Comum de Conteúdo e também os Conhecimentos Especializados dos professores, o que, certamente, permitir-lhes-á, no ensino, antecipar erros de seus alunos, identificar possíveis causas, justificá-las do ponto de vista da Matemática e, consequentemente, buscar estratégias de intervenção que favoreçam sua compreensão e sua aprendizagem. Ressaltou-se, nesse processo de desenvolvimento e/ou ampliação dos conhecimentos, a importância de cursos de formação que conduzam à reflexão de questões ligadas tanto ao ensino como à aprendizagem, neste caso, de conceitos matemáticos e, mais especificamente, de noções probabilísticas com crianças em fase inicial de escolarização.

Palavras-chave: Formação Contínua. Conhecimento Profissional Docente. Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Ensino de Probabilidade.

Abstract
In this text, it is discusses part of a Doctoral investigation which aimed analyzing the teachers professional development that teach Mathematics for Elementary School Initial Series, on its work with Probability. For this article, we focused on the participants’ knowledges regarding the comprehension of sample space and probabilities quantification, expressed in a purposed during a formation. Adopting a qualitative methodology, it was aimed to describe and interpret the resolutions, registered in the teachers protocols and their discussions collected in recorded videos audio. The results were analyzed based on theories and investigations regarding the Probability teaching and learning and the mathematical knowledge for the thematic teaching. The resolutions, the long discussions and lots of reflection about the probabilistic notions implied in the analyzed situation, have developed and amplified the teachers´ Content Common Knowledge as well as the Specialized Knowledges, what certainly will enable them to anticipate mistakes from their students, identify possible causes, justify them from the Mathematics point of view and, consequently, look for interventional strategies that promote the comprehension and learning. Iin this process, the knowledge development and/or amplification, the importance of formative courses that take the reflection of issues related to both teaching and learning, in this case, the mathematical concepts and, more specifically, the probabilistic notions whith children in schooling initial phase.

Keywords: Continuous Formation. Teacher Professional Knowledge. Elementary School Initial Series. Probability Teaching.

Biografia do Autor

Maria Gracilene de Carvalho Pinheiro, Universidade Pitágoras UNOPAR

Professora da Educação Básica, Doutora em Educação Matemática pelo programa de Pós-graduação em Educação Matemática da Universidade Anhanguera de São Paulo - UNIAN. Realizou Estágio Sanduíche - PDSE - Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior - Processo 88881.189399/2018-01, financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, sob a orientação da Professora Doutora Maria de Lurdes Serrazina e do Professor Doutor João Pedro Mendes da Ponte. Mestre em Educação Matemática pela mesma universidade. Pós-Doutoranda do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias da Universidade Pitágoras UNOPAR - Londrina-PR. Realiza investigações na linha de pesquisa "Formação de Professores, Currículo e História" e "Ensino de Linguagens e suas Tecnologias"; integrante do Projeto Observatório da Educação "Conceitos concernentes à Probabilidade e Estatística", coordenado pelo Professor Doutor Ruy César Pietropaolo. Graduada em Matemática pela Universidade Estadual do Piauí (2002) e pós-graduada em Psicopedagogia pela Faculdade das Atividades Empresariais de Teresina-PI e em Mídias na Educação pela Universidade Federal do Piauí Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Administração Educacional, Coordenação Pedagógica e Projetos Educacionais.Exerceu a função de Professor Substituto na Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia - FACET da UFGD-MS.

Angélica da Fontoura Garcia Silva, Universidade Anhanguera de São Paulo - UNIAN

Possui graduação em licenciatura em Ciências habilitação em Matemática, doutora em Educação Matemática pelo Programa de Estudos Pós graduados em Educação Matemática da PUC-SP, mestre em Educação pelo Programa Educação: História Política e Sociedade da PUC-SP . Fez estágio de doutoramento Sandwich em 2006, na Escola Superior de Educação de Lisboa sob a supervisão da professora Maria de Lurdes Serrazina. É professora contratada pelo Programa de Pós-graduação em Educação Matemática da Universidade Anhanguera de São Paulo . Desenvolve atividade de pesquisa sobre o Formação de Professores que ensinam Matemática. Participa do grupo de pesquisa: Observatório da Educação. Os resultados de pesquisa foram publicados em anais de congressos nacionais e internacionais na área.

Ruy César Pietropaolo, Universidade Anhanguera de São Paulo - UNIAN

Licenciado em Matemática e Pedagogia. Possui mestrado em Educação (Currículo) e doutorado em Educação Matemática pela PUC/SP. Prêmio CAPES de Teses em 2006 de melhor tese da área de Ensino. Recebeu o título de Cavaleiro da Ordem Nacional do Mérito Educativo, Ministério da Educação do Brasil (2018).Orienta doutorado e é docente do corpo permanente e coordenador do programa de Pós-graduação em Educação Matemática, stricto sensu, da Universidade Anhanguera de São Paulo. Desenvolve pesquisas sobre currículos de Matemática na Educação Básica. Faz também pesquisas sobre a formação inicial e continuada de professores que ensinam Matemática, sobre o ensino de Probabilidade e Estatística e sobre História da Educação Matemática. Organizou e coordenou cursos em Programas de Formação de Professores na rede pública de São Paulo. Foi Professor assistente do Departamento de Matemática da PUC/SP. Coordenou projeto financiado pela Capes relativo ao Programa Observatório da Educação (dois projetos). Presta assessoria a Fundações para elaboração de Matrizes de Referências e análise de resultados de Avaliações Externas. Participou como elaborador dos PCN para o Ensino Fundamental. Participou como elaborador da Proposta Curricular de Matemática do Estado de São Paulo de 1987/1988 e da Nova Proposta em 2010. Membro da equipe de elaboração da Base Nacional Comum Curricular da área Matemática (BNCC) 1ª e 2ª versões (preliminares) e redator da 3ª versão. Participou da elaboração da BNCC do Ensino Médio

Downloads

Publicado

2021-02-11

Edição

Seção

Artigos