Conhecimentos de Professores de Matemática Sobre as Medidas de Tendência Central Para o Ensino na Educação Básica

Autores

  • Tiago Augusto dos Santos Alves Universidade Anhanguera de São Paulo, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Matemática. SP, Brasil.
  • Ruy César Pietropaoloabc Universidade Anhanguera de São Paulo, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Matemática. SP, Brasil. Universidade Anhanguera Uniderp, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática. MS, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2176-5634.2018v11n3p291-295

Resumo

Este artigo tem o propósito de analisar conhecimentos para o ensino de medidas de tendência central evidenciados por 12 professores participantes de um processo formativo. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, cujos dados foram coletados por meio de um questionário. Utilizou-se como marco teórico a categorização proposta por Ball, Thames e Phelps (2008). A análise dos resultados mostrou evidências de que a maioria dos participantes dominava os procedimentos de cálculo das medidas solicitadas. Todavia, percebeu-se que os professores não apresentaram argumentações que levassem em conta a relação entre essas medidas para a tomada de decisão solicitada na situação-problema. A maioria dos participantes respondeu à situação apoiando-se na análise dos valores das medidas de forma isolada; mesmo aqueles que tentaram relacionar os valores da média, moda e mediana entre si não consideraram um espectro mais amplo. Tais resultados possibilitaram traçar um plano inicial para o processo formativo.

 

Palavras-chave: Formação de Professores. Conhecimento Profissional Docente. Ensino de Estatística. Medidas de Tendência Central.

 

Abstract

This paper aims to analyse the knowledge for teaching central tendency measures presented by twelve teachers participating in a formative process. It is a qualitative research with data obtained through questionnaires. The theoretical landmark is the categorization proposed by Ball, Thames, & Phelps (2008). Analysis of results shows evidence that most participants understood calculation procedures for the requested measures. However, it was noticed that teachers did not present good arguments regarding the relation between these measures and decision-taking requested for a particular problem. Most participants answered to the problem based on the analysis of measures’ values isolated from each other; even those who attempted to build relations between mean, mode, and median among themselves did not consider a wider spectrum. These results facilitate production of a preliminary plan for a formative process. 

 

Keywords: Teachers’ Formation. Teachers’ Professional Knowledge. Statistics’ Teaching. Central Tendency Measures.

Referências

Ball, D. L., Thames, M. H. & Phelps, G. (2008). Content knowledge for teaching: what makes it special? J Teacher Educ, 59, (5), 389-407. doi: 10.1177/0022487108324554.

Batanero, C. (2000). Significado y comprensión de las medidas de posición central. Uno. Rev Didáctica Matem, 25, 41-58.

Batanero, C., Díaz, C., Contreras, J. M. & Roa, R. (2013). El sentido estadístico y su desarrollo. Números. Rev Didáctica Matem 83, 7-18.

Brasil. Ministério da Educação. (2006). Orientações curriculares para o ensino médio. Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias. Brasília: MEC.

Brasil. Ministério da Educação (1998). Parâmetros curriculares nacionais (5ª a 8ª séries). Matemática. Brasília: MEC.

Carvalho, J.I.F. (2011) Média aritmética nos livros didáticos dos anos finais do ensino fundamental. Recife: Universidade Federal de Pernambuco.

São Paulo. Secretaria da Educação do Estado (2012). Relatório do sistema de avaliação do rendimento escolar do estado de São Paulo. São Paulo: Secretaria da Educação do Estado.

Stella, C. A. (2004). O conceito de média. Problemas de construção x problemas tradicionais. Comunicação apresentada no VIII Encontro Nacional de Educação Matemática , Recife.

Strauss, S. & Bichler, E. (1988). The development of children's concepts of the arithmetic average. J Res Mathem. Educ., 64-80.

Downloads

Publicado

2019-12-30

Edição

Seção

Artigos