A Interação Entre os Componentes Intuitivo, Algorítmico e Formal no Ensino dos Números Irracionais na Educação Básica

Autores

  • Olga Corbo Secretaria de Municipal de Educação de São Paulo. SP, Brasil.
  • Ruy César Pietropaolo Universidade Anhanguera de São Paulo, Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática. SP, BrabUniversidade Anhanguera de São Paulo, Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática. SP, Brasil; Unopar, Programa e Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciências e Saúde. SP, Brasilsil; Unopar, Programa e Pós-Graduação em Metodologias para Ensino de Linguagens e suas Tecnologias. PR, Brasil Universidade Anhanguera Uniderp, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática. MS, Brasil.
  • Marta Élid Amorim-Mateus Universidade Federal de Sergipe, Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional. SE, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2176-5634.2018v11n3p210-219

Resumo

Este artigo contém considerações a respeito de possibilidades de articulação dos aspectos intuitivo, algorítmico e formal, na abordagem dos números irracionais, na Educação Básica. Nossos argumentos são fundamentados em Fischbein (1994) que defende a importância da integração desses três componentes na atividade matemática, a fim de desenvolver no estudante um raciocínio matemático eficaz. Apresentamos situações exemplares, que favorecem essa integração, destacando que uma abordagem dos irracionais nesse sentido pressupõe o desenvolvimento anterior de habilidades relativas aos racionais, igualmente voltadas para a exploração desses componentes. Finalmente, enfatizamos a relevância do estudo dos irracionais na Educação Básica, como etapa indispensável para a posterior compreensão da ampliação dos campos numéricos.

Palavras-chave: Números Irracionais. Componentes Intuitivo. Algorítmico e Formal.

Abstract
This article contains considerations regarding articulation possibilities of intuitive, algorithmic and formal aspects, in the approach of irrational numbers, in Basic Education. Our arguments are based on ischbein (1994) who argues that the importance of integrating these three components in mathematical activity, in order to develop an effective mathematical reasoning in a student. Here exemplary situations that favor such integration, noting that an approach of the irrational numbers presupposes the previous development of skills relating to rational, also focused on the exploration of these components. Finally, we emphasize the relevance of the study of the irrational numbers in Basic Education, as essential stage to the understanding of numeric fields expansion. 

Keywords: Irrational Numbers. Components Intuitive, Algorithmic and Formal.

Referências

Boyer, CB. (1996). História da Matemática. São Paulo: Edgard

Blücher.

Brasil. Secretaria de Educação Fundamental. (1998). Parâmetros

Curriculares Nacionais Terceiro e Quarto Ciclos do Ensino

Fundamental: Matemática. Brasília: MEC.

Corbo, O. (2012). Um estudo sobre os conhecimentos necessários

ao professor de matemática para a exploração de noções

concernentes aos números irracionais na Educação Básica.

Tese (Doutorado em Educação Matemática). São Paulo:

UNIBAN.

Courant R, & Robbins, H. (2000). O que é Matemática? Rio de

Janeiro: Ciência Moderna.

Fischbein, E. (1994). The interaction between the formal, the

algorithmic and the intuitive components in a mathematical

activity, (pp.231-5). In: Didactics of Mathematics as a

Scientific Discipline. Mathematics Education Library.

Dordrecht: Kluwer Academic Publishers.

Niven, I. Números: racionais e irracionais. (1984). Rio de

Janeiro: Sociedade Brasileira de Matemática.

Sirotic, N. & Zazkis, R, (2005). Locating Irrational Numbers on

the number line. In: Proceedings of the 27 th annual meeting

of the North American Chapter of the International Group for

the Psychology of Mathematics Education.

Tall, David. (1979). Cognitive aspects of proof, with special

reference to the irrationality of , (pp.206-7). In: Proceedings

of the Third International Conference for the Psychology of

Mathematics Education, Warwick.

Tall, DO, Schwarzenberger, RLE. (1978). Conflicts in the learning

of real numbers and limits. Mathematics Teaching, 82, 44-49.

Downloads

Publicado

2019-12-30

Edição

Seção

Artigos